OS IMPERATIVOS DE DEUS


TEXTO BÍBLICO:

Colossenses 3:1-12

Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria; Pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência; Nas quais, também, em outro tempo andastes, quando vivíeis nelas. Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos, E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, e em todos. Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;

INTRODUÇÃO

A vida cristã é marcada por uma diversidade de ações, algumas dessas ações tem teor positivo, e outras, teor negativo. Cada ação constitui uma experiência, e cada experiência se repete diuturnamente a cada dia. Devemos buscar sempre alguma coisa, e devemos sempre abrir mão de algumas outras. Devemos enterrar algumas ações, e fazer florar outras. Devemos em todo tempo estar em conexão com o céu e nos desconectar daquilo que nos afasta de Deus. Em outras palavras, a vida cristã é uma vida de constante mobilização.

Nos versículos em apreço encontramos 5 palavras no modo verbal imperativo, que nos faz compreender todas as ações da fé cristã. O modo imperativo, é o modo verbal em que as palavras indicam uma ordem, conselho, recomendação solene. É semelhante a ordem do “Ide” de Jesus em Mt 28.19.

FAÇA TEOLOGIA CONOSCO

Confira Alguns de Nossos Cursos

Básico em Teologia

Médio em Teologia

Avançado Teologia

1.“BUSCAI”

“Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus” (v1).

O primeiro imperativo é uma ordem, conselho ou recomendação solene para buscarmos as coisas dos céus constantemente. A maneira como o verbo está conjugado indica uma busca constante. Buscar significa ir atrás, insistir, pagar o preço.

2. “PENSAI”

“Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; ” (v2).

O segundo imperativo nos exorta a ocuparmos constantemente nossa mente com as coisas de Deus. A razão porque somos vencidos pelos desejos carnais é porque não cumprimos este dever de ocuparmos nossa mente, pensamento com as coisas de Deus.

3. “MORTIFICAI”

“Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;”

O terceiro imperativo nos exorta a subjugar nossa paixões e desejos pecaminosos. Subjugar significa tornar submisso, sob controle ou domínio. As vezes oramos ao Senhor pedindo que Ele afasta de nós tais desejos impuros, mas esse imperativo (verbo) coloca essa responsabilidade em nossas mãos. Nós mesmos é que temos que mortificar nossos próprios membros subjugando tais desejos pecaminosos. O segredo para isso está nos dois imperativos acima “buscando as coisas de Deus, e ocupando nossa mente com elas”.

4.“DESPOJAI-VOS”

“Mas agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca” (v 8).

O quarto imperativo nos exorta a banir, ou desapossar de nossas vidas aqueles hábitos que não agradam a Deus. No imperativo acima, devemos mortificar nossos membros da prática dos pecados graves inerentes a natureza humana, e aqui somos exortados a banir ou desapossar de nossas vidas todo hábito que não glorifica a Deus e que para muitos crentes é normal “a ira, a cólera, a malícia, a maledicência, as palavras frívolas e a mentira” (v 8,9). Se ainda vivemos na prática dessas coisas é porque ainda não somos novas criaturas.".

5.“REVESTÍ-VOS”

“Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade; ” (12).

O quinto imperativo é uma ordem para nos ataviarmos com as vestimentas dos escolhidos dos servos de Deus: “a misericórdia, a benignidade, humildade, mansidão, longanimidade e o mais perfeito dos adornos que é o amor (v14) ”. Revestir-se significa “vestir novamente” ou usar uma sobreveste. Cada elemento mencionado acima constitui uma veste de adorno que enfeita a vida cristã, e nos torna semelhantes a cristo. Estes elementos são também identificados como o fruto do Espírito em Gálatas 5.22.